O Nerd Cristão https://www.onerdcristao.com.br/blog/ Evangelização, estudos, informações, discussões e muito mais. Um Cristianismo puro, simples e direto! Tue, 26 Nov 2019 18:22:14 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=5.2.4 Escolhas https://www.onerdcristao.com.br/blog/2019/11/26/escolhas/ Tue, 26 Nov 2019 18:18:59 +0000 https://www.onerdcristao.com.br/blog/?p=45   [ Leia Mais ]]]> Versículo chave:Por isso, quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, todavia, se mantém rebelde contra o Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus.” – Jo 3:36

Se eu fosse dar um tema a esta mensagem que Deus me deu, este tema seria “Escolhas”.


Já parou para pensar que tudo em nossas vidas gira em torno das escolhas que fazemos? Acompanhe o meu raciocínio: todos nós sabemos que o ideal é dormirmos, pelo menos, 8 horas por dia. Quem aqui dorme no mínimo 8 horas por dia? Pois é, eu também não. Alguns vão dizer que não é possível dormir 8 horas por dia por causa dos muitos afazeres, mas deixa eu te contar um segredo: é possível dormir 8 horas por dia sim, a gente é que escolhe dar prioridade para outras coisas.

Quem nunca ouviu aquela desculpa “eu não tenho tempo para fazer isso”, “eu não tenho tempo para fazer aquilo”….então, eu também já usei muito essa desculpa. Mas será que é verdade? Calcule comigo: nosso dia tem 24 horas, certo? Certo. Tirando as 8 horas de sono, ainda nos sobram 16 horas. Quem aqui já trabalha? Legal, eu também trabalho… mas a maioria só estuda que eu sei (pelo menos a galera aqui da igreja). Ok, vamos descontar as 6 horas da escola (é 6 horas mesmo que vocês estudam? Mais ou menos, né? Vou considerar 6 horas, mas provavelmente é menos). Sobraram 10 horas… 10 horas!!! Tudo bem, vamos tirar mais 1 hora e meia de transporte, pois você precisa ir até sua escola (vou dar um desconto para o pessoal que mora praticamente do lado da escola, hein…eu sei que tem!). 8 horas e meia…livres! (Que saudade da época que eu tinha mais de 3 horas livres por dia! )…Ok, 8 horas e meia livres… para você. Eu fiz uma pesquisa e, infelizmente, a maioria dos adolescentes cristãos não fazem um curso extra-aula (nisso está incluído um curso de outra língua, um colégio técnico…enfim, qualquer curso). Então vamos continuar considerando nossas 8 horas e meia.

8 horas e meia são 510 minutos. Um filme, convencional, tem aproximadamente 120 minutos (que são 2 horas). E pra muita gente, isso já é bastante tempo. Agora, veja você, estamos falando aqui do equivalente a quase 6 filmes de tempo livre…POR DIA! E olha que eu nem estou falando dos fim de semanas, hein, que daí poderíamos dizer que essas 8 horas e meia se transformam em 12 horas….14 horas!

E o que nós fazemos nesse tempo livre? 

Quando eu tinha a idade de vocês, eu gostava muito de jogar bola e andar de bicicleta com meus amigos, e jogar vídeo game (ainda gosto e jogo até hoje…acho que nunca vou parar). Hoje, com o progresso da tecnologia, acredito que vocês gastam bastante tempo na internet (ou, como um professor do meu seminário dizia, “infernet”) através de smartphones, tablets e computadores…e talvez até joguem mais vídeo game que eu! Mas, enfim, isso é só um exemplo que eu usei para trazer a nossa mente o assunto escolha. Cada um tem sua própria maneira de passar as 8 horas e meia de tempo livre… cada um escolhe o que vai fazer…o que vai comer…o que vai vestir. Galera que gosta de futebol, cada um vai escolher o time que torcer. Hoje em dia tem tantas igrejas que cada um de nós pode escolher aquela que mais se parece com seu estilo!

Tudo bem, eu sei que muitos de vocês vão discordar de mim e dizer “Ah, mas eu não sou livre para escolher o que eu quiser fazer”. Eu sei. Nossas escolhas são limitadas pelo meio que nos cerca. Acredito que muitos de vocês gostaria de comer picanha todos os dias, estou certo? (eu não, pois não como carne…sou vegetariano…para alguns, um alienígena). Mas a maioria das casas brasileiras não conseguiriam sobreviver comprando da melhor carne todos os dias, por causa da limitação financeira. Os meninos que gostam de praticar esporte, principalmente aqueles que precisam de bastante gente para jogar, tipo um futebol ou basquete. Não é sempre que conseguimos 10 pessoas para jogar. A gente mesmo aqui da igreja. Tentamos jogar bola todo sábado, mas é uma luta tremenda para arranjar 12 pessoas que consigam ir! Acredito que todo mundo aqui gostaria de viajar pelo mundo afora e conhecer lugares. Mas olha ela aí de novo: a limitação financeira. Nossas escolhas são limitadas pelo meio em que vivemos, mas, ainda assim, temos escolhas. Podemos abrir o guarda-roupa e escolher o que vestir. Podemos optar por usar as 8 horas e meia para dormir a tarde, fazer exercícios, brincar com os amigos, estudar… ler a Bíblia: o que deveria ser nossa obrigação. Sabe o que me impressiona? Hoje em dia é tão mais fácil arrumar uma bíblia. É possível encontrar uma infinidade de traduções, preços diversos que cabem no bolso…mas mesmo assim, fiz uma pesquisa esses dias e descobri que a cada dia que passa, menos os crentes lêem a bíblia…isso é muito triste. Quando eu me converti, 8 anos atrás, a primeira coisa que fiz foi ler a bíblia inteira. De que adianta dizer que a Palavra de Deus é meu manual de instrução e eu não conhecê-lo? Essa foi minha escolha perante a minha conversão…escolha.

Sabe o que descobrimos na bíblia, logo no começo dela? Que o mundo é esse caos que vemos aí fora por causa da escolha de um homem. Sabe de quem eu estou falando? Adão. Foi dada uma escolha a ele em Gênesis 2:17: ”mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás; porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás.”. Consequência, irmão. Se comer da árvore, vai dar “ruim”…vai dar errado. E o que ele fez? Comeu, irmãos. Ele foi lá e comeu do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal. E não venha me dizer que a mulher foi a culpada, porque não foi. A ordem foi dada a Adão, não a Eva. Bastava Adão ter recusado o fruto quando Eva lhe ofereceu que estaria tudo bem. Mas infelizmente, não foi isso que aconteceu. Graças a esse ato, irmãos, que a maldade impregnou esse mundo tão lindo que Deus criou… Uma escolha, que mudou tudo. Agora o pecado está no mundo, entre os humanos.

Sabe qual outra escolha errada que custou um alto preço? Moisés. Ele deixou de entrar na terra prometida por uma escolha errada que fez. Imagine só você: tirar o povo da escravidão do Egito, caminhar com o povo por 40 anos no deserto. Chegar na entrada da terra prometida e ter que voltar para trás, pois Deus não permitiu ele entrar. Sabe por quê? Porque ele desobedeceu a Deus. Vou te explicar. Em Exodo 17 (6 e 7), Deus manda Moisés ferir a rocha para sair água, pois o povo estava com muita sede. Moisés assim o fez. Ok. Um tempo depois vemos um cenário bem semelhante. Em Números 20 (7 e 8) Deus manda, dessa vez, Moisés somente falar a rocha e dela sairia água. O que Moisés fez? Ele foi lá e bateu na rocha de novo. Desobedeceu a Deus. 

Talvez isso para você não justifique o preço que Moisés pagou, que foi não entrar na terra prometida, mas eu vou te explicar a gravidade desse ato, pois, talvez você nunca tenha ouvido isso. A rocha, nos 2 cenários que falamos aqui, simbolizava o Messias, Jesus Cristo. Na primeira vez, Moisés teve de ferir a rocha pois aquilo simbolizava o sofrimento de Jesus na Cruz e a água que jorrou da pedra simbolizava a salvação que Jesus nos deu, o acesso ao Pai novamente e o Espírito Santo que nos foi dado… era uma profecia. Na 2 vez, Jesus já havia sofrido na cruz, nós já temos acesso a água da vida, basta pedirmos que teremos da água. Moisés, quando bateu na rocha na 2 vez, quebrou uma das simbologias de Jesus no Antigo Testamento. Por isso que ele perdeu o direito de entrar na terra prometida, ele destruiu uma profecia! 

Cuidado com as escolhas. Pequenas escolhas erradas podem trazer um grande mal para nossas vidas. Obedecer a Deus sempre será a melhor escolha.

Então vamos para as escolhas certas, agora. Chega de escolhas ruins!

Jó fez uma escolha. Ele tinha tudo para, como sua mulher disse, “amaldiçoar a Deus e morrer”. Jó era muito rico, mas muito rico mesmo! E tinha uma família bem grande. Então Deus permite que Satanás tire tudo de Jó. Mas o que ele fez? Jó 2.10: “temos recebido o bem de Deus e não receberíamos também o mal?”. Ele escolheu Deus. Ao invés de se voltar contra Deus, ele se voltou ainda mais para Deus.

O povo de Israel, que são os filhos de Deus do antigo testamento, passaram 40 anos andando no deserto após terem saído da escravidão do Egito, como já disse há pouco. Certa vez, dentro desse tempo de 40 anos, eles chegaram perto da terra prometida, porém esta estava sendo habitada por outro povo. Então Moisés mandou um grupo de pessoas para espiar a terra (Isso se encontra no capítulo 13 de Números). Uns voltaram com muito medo de lá, dizendo que havia gigantes na terra, outros, que a terra devorava os moradores…mas um deles, chamado Calebe, não teve medo e incitou o povo a ir até lá que certamente eles conseguiriam tomar a terra. Calebe escolheu acreditar. Por que não dizer que Calebe teve fé? Ele poderia ter feito igual os outros e simplesmente desmotivar o povo, mas ele escolheu seguir em frente.

O próprio, Jesus, irmãos, quando veio a Terra para pagar o pecado do Adão que aconteceu lá no jardim do Éden também fez suas escolhas. Ele tinha uma missão: encarnar (e não reencarnar) como homem sem pecado (gerado no ventre de Maria), viver na Terra sem pecar, morrer sem pecado e ressuscitar. Em nenhum momento ele foge dessa missão. A Bíblia nos relata que Ele foi levado ao deserto por Satanás para ser tentado. Ele poderia muito bem ter feito algo a Satanás, mas Ele escolheu deixar Satanás tentá-lo. E na tentação, ele simplesmente escolheu sua missão: resistir a Satanás. Aliás, vale lembrar que o diálogo entre Jesus e Satanás na tentação é o maior diálogo teológico da Bíblia. Satanás usa a Palavra de Deus para tentar Jesus e Ele repreende Satanás também pela Palavra de Deus…é um diálogo fantástico. Se você ainda não leu, eu te convido a chegar em sua casa e ler. O texto está em Mateus 4 do 1 ao 11. Vale a pena ler, é muito bom!

Quando Jesus está sendo crucificado, Ele está junto com 2 ladrões. Um deles escolhe zombar de Jesus. O outro, escolhe rogar a Jesus para se lembrar dele quando chegar no Reino. Quem você acha que se deu melhor? O que rogou a Jesus, é claro. Jesus virou para ele, na hora, e disse: ainda hoje estarás comigo no paraíso. Preste atenção que Jesus diz “comigo ainda hoje no paraíso”. Mas Jesus não levou 3 dias para ressuscitar? Esse é um assunto para a Escola Dominical, não para hoje. Esse trecho se encontra em Lucas 23.39-43.

São muitas escolhas espalhadas pela Bíblia. Mas eu quero te falar de uma escolha muito especial. 

Como eu disse aqui, o pecado entrou no mundo através de um único homem, por sinal, o primeiro homem, Adão. Formado perfeito, sem pecado. Andava com Deus, falava com Deus…aprendia com Deus, todos os dias. Mesmo assim ele escolheu desobedecer a Deus. Com isso, a morte chega até nós, humanos. Pois, antes de Adão ter desobedecido a Deus, o ser humano era imortal, pois comia da árvore da vida que também ficava no jardim do Éden. Mas essa morte não era simplesmente: comeu do fruto morreu. Não, essa morte significava que a partir daquele momento, a morte era possível ao ser humano, pois este, agora, é expulso do jardim do Éden e separado de Deus. Morte significa separação. Temos um problema: o homem não foi criado para morrer. O homem foi criado para andar com Deus e morar com Ele. E agora? Quem poderá pagar essa dívida que a humanidade tem? Quem poderá anular a morte da humanidade e restaurar nossa vida com Deus? 

Jesus. Somente o próprio Deus poderia pagar essa dívida, nenhum ser humano poderia, pois todo ser humano pecou e está destituído da glória de Deus. Adão foi criado perfeito. Jesus foi gerado perfeito também, não de uma relação entre homem e mulher, mas gerado pelo Espírito Santo de Deus. O próprio Deus encarnado, como homem: nasceu sem pecado, viveu sem pecado e morreu… 

Sim, Ele morreu. Mas espera só um instante. Segundo a regra de Deus, a morte é somente para quem pecou, se lembra? Pera aí! Jesus não pecou! E agora? Jesus foi crucificado e expirou na cruz, vertendo todo o seu sangue. Seu corpo físico foi destruído. Agora, imaginem só, Ele vai para o “mundo dos mortos” (eu amo essa cena!). Quando Ele chega lá, Ele simplesmente não pode ficar lá, porque aquele lugar é para quem pecou e Jesus não pecou. O mundo dos mortos é obrigado a expulsar Jesus, irmãos. E não somente isso, agora Jesus é o dono das chaves da vida e da morte, porque Ele venceu o primeiro e último inimigo: a morte! Glória a Deus! Jesus pagou a nossa dívida na Cruz… Ele ressuscitou!! Aleluia!!!

Adão era o representante da humanidade, agora é Jesus. Ele nos representa!

Mas para que Jesus seja o seu representante, você precisa entender a obra redentora dEle na cruz, acreditar e declarar que Jesus é o Senhor da sua vida. 

Marcos 16.16: “Quem crer e for batizado será salvo; quem, porém, não crer será condenado.

Nós precisamos escolher Jesus todos os dias da nossa vida. Não é só porque uma vez você ergueu sua mão e “aceitou a Cristo” que a missão está acabada. Temos que escolher a Cristo todos os dias da nossa vida. Se estamos vivos, é por Ele. Se respiramos, é por Ele. Se estudamos, é por Ele. Se trabalhamos, é por Ele. Se pregamos, se evangelizamos, se cantamos…é tudo por Ele, para Ele e por Ele… Jesus Cristo salvou a mim, a você e a todo mundo que O aceitar. 

Glória a Deus!

Escolha o bem e você nunca irá se arrepender.

]]>
Sobre Deus e a tal “Pedra” https://www.onerdcristao.com.br/blog/2019/10/31/sobre-deus-e-a-tal-pedra/ Thu, 31 Oct 2019 13:17:17 +0000 https://www.onerdcristao.com.br/blog/?p=37   [ Leia Mais ]]]>
A Graça e a Paz de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que se humilhou para se fazer carne como nós, seres humanos, deixando Sua Glória acima do tempo e de toda a matéria. O Criador que se fez Criatura por um inexplicável Amor que está acima de todo o nosso entendimento “evoluído” e limitado.

Confesso que ando (ou continuo) entristecido pelo cenário em a Igreja de Cristo enfrenta: Em uma batalha contra o que realmente se deve combater, o que vemos é uma verdadeira Guerra Civil. Isso mesmo! O próprio corpo de Cristo, Sua Igreja, está em conflito consigo mesma. 

Enquanto a Ciência Ruim e as Seitas não admitidas por Nosso Deus continuam a se proliferar pelo mundo afora, a “igreja” [que se chama] de Cristo continua com a infantilidade de se digladiar entre si mesma se escondendo por detrás de máscaras do tal do Livre arbítrio e da eleição incondicional. Enquanto a verdadeira doença implantada no mundo se alastra, estamos como tapados promovendo dissensões no meio do Corpo de Cristo apenas porque nosso irmão não tem o mesmo entendimento que nós. Aí que eu me pergunto: Será isso certo? Ora, se o irmão alega que somente Jesus Cristo é único e suficiente para salvar sua alma e eu digo a mesma coisa da minha alma, logo somos salvos e seguimos aquilo que a Palavra de Deus nos ensina. Para quê perder tempo com intermináveis discussões que no final não nos levarão a nada?

Porque com o coração se crê para justiça e com a boca se confessa a respeito da salvação. Porquanto a Escritura diz: Todo aquele que nele crê não será confundido. Pois não há distinção entre judeu e grego, uma vez que o mesmo é o Senhor de todos, rico para com todos os que o invocam. Porque:Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo” – Romanos 10:10-13

Mas o motivo pelo qual escrevo este texto é outro. Me atento aqui sobre a afirmação de que Deus pode todas as coisas como foco em rebater uma famosa frase (que acredito ser de algum ateu) que acabam jogando no ar como piadinha. A frase é esta:

Deus pode criar uma pedra tão pesada que não possa levantar?

Parece uma “pegadinha”, não é mesmo? Então… é uma “pegadinha” mesmo. Se você você não souber como responder a esse ultraje, você certamente se tornará motivo de chacota por um bom tempo. 

Para contra-argumentar sobre esse questionamento, é necessário refletirmos um pouco sobre que Deus, para nós cristãos, é: Deus é o criador. Sabe o tempo que contamos para marcar os dias? Então, o tempo não existe para Ele, pois se Ele criou o tempo, logo, está acima do tempo. O tempo é como um grande bloco maciço de pedra para Ele: o passado, presente e o que está por vir. Sabe a matéria, ou seja, todas as coisas que você consegue enxergar, tocar e sentir? Então, Deus também está acima da matéria. Porque como o Criador faria o universo conhecido estando dentro dele? Logo, Deus está acima do tempo e de toda a matéria.

O poder de Deus é manifestado na Criação do Mundo ex nihilo (do nada). Ele simplesmente ordenou para as coisas virem à existência.

Relembrando isso, voltemos a pergunta motivadora: “Deus pode criar uma pedra tão pesada que não possa levantar?”

Naturalmente, Deus não pode fazer aquilo que é realmente impossível. Essa é a parte que muitos se perguntam: “Então quer dizer que essa frase faz realmente sentido? É verdadeira? Realmente diz que Deus, afinal, não é Todo-Poderoso?”. Então…calma… ainda não terminei.

É impossível para Deus fazer coisas contrárias à sua natureza imutável, é compreensível que não possa fazer coisas contraditórias. 

Não entendeu ainda?

A Palavra de Deus diz que Deus “não pode mentir” (Tt 1.2), porque é “impossível que Deus minta” (Hb 6.18). Sabe porquê? Porque ele não é homem, logo, não pode mentir (1 Sm 15.29).

Logo, concluímos que Deus não irá fazer algo que vai contra sua natureza, pois Ele é imutável. Como Ele poderia ser um Deus que merece ser adorado se mudasse a todo instante? Portanto, se Deus criou um círculo redondo, Ele não pode fazer um círculo quadrado, porque Ele criou uma “lei natural” de que o círculo é redondo. Ele também não faria um triângulo com dois lados e nem um outro Criador como Ele mesmo, pois há somente um Criador incriado (Dt 6.4; Is 45.18), todos os demais são criaturas.

Deus pode fazer qualquer coisa que seja possível de ser feita, desde que não implique contradição. Para Seu poder não há limites. Ele, de fato, é o Todo-Poderoso como sua Palavra diz (Gn 17.1; Êx 6.3; Nm 24.4; Jó 5.17). Logo, essa tal “Pedra” não pode existir, pois entra em contradição com o fato de Deus ser Todo-Poderoso, ou seja, poder para fazer literalmente tudo.

Que Deus renove o intelecto de nós todos para combater aquilo que devemos combater, não perder tempo em uma guerra-civil totalmente ignorante.

Que Deus abençoe a todos!

]]>
Abra a tampa da caixa https://www.onerdcristao.com.br/blog/2019/10/30/abra-a-tampa-da-caixa/ Wed, 30 Oct 2019 16:08:51 +0000 https://www.onerdcristao.com.br/blog/?p=31   [ Leia Mais ]]]> A Graça e a Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo a todos.

Ora, quem é que vos há de maltratar, se fordes zelosos do que é bom? Mas, ainda que venhais a sofrer por causa da justiça, bem- aventurados sois. Não vos amedronteis, portanto, com as suas ameaças, nem fiqueis alarmados; antes, santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração, estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós, fazendo- o, todavia, com mansidão e temor, com boa consciência, de modo que, naquilo em que falam contra vós outros, fiquem envergonhados os que difamam o vosso bom procedimento em Cristo, porque, se for da vontade de Deus, é melhor que sofrais por praticardes o que é bom do que praticando o mal.” – 1 Pedro 3:13-17.

Em algum momento de sua vida você já parou para pensar em quem você é? Em algum momento você já parou para pensar no mundo em que vive? Já parou para pensar a quem você serve? Já se perguntou o “porquê” daquilo em que acredita?

O texto citado acima pelo apóstolo Pedro está contido em sua primeira carta. Esta carta foi escrita por volta do ano 64 d.C., pouco antes de irromper a perseguição promovida por Nero que se deu nesse mesmo ano. Foi destinada aos “forasteiros da dispersão” (1:1), ou seja, cristãos que foram espalhados pelo mundo. A situação deles era de sofrimento e provações (4:12). Os sofrimentos nesta carta são aqueles que costumam sobrevir aos cristãos conforme eles se mantêm fiéis a sua fé em uma sociedade hostil e pagã. A carta foi redigida na “Babilônia” (5:13), um nome simbólico para Roma. Pedro foi martirizado, assim como os demais apóstolos (exceto João), por volta do ano de 67 d.C.

Nestes versículos que lemos, Pedro fala sobre ser “zeloso para o bem”. A palavra “zeloso”, utilizada no texto, vem da palavra grega μιμητης (mimetes), que tem significado de “imitar”. Ou seja, Pedro pergunta: “Ora, quem vai maltratar vocês se forem imitadores do bem?”. Ninguém é bom como o nosso Jesus. Por sermos discípulos dEle, somos seus imitadores… ou, pelo menos, deveríamos ser.

No versículo 15 que lemos, Pedro adverte sobre estarmos preparados para responder a TODO aquele que pedir razão da nossa fé (1 Pe 3:15). Quando analisamos esse versículo, identificamos que Pedro usa a palavra “Apologia” quando nos exorta a responder essas pessoas que nos questionam. A palavra “apologia” tem significado de: 1) defesa verbal, discurso em defesa 2) uma afirmação ou argumento raciocinado. Portanto, devemos defender a nossa fé em Jesus Cristo. E como o mundo segue uma linha racional, acredito que também o devemos ser em certas questões, pois só assim conseguiremos rebater tais questionamentos.

Vivemos em dias em que o acesso a informação se tornou muito mais amplo e muito mais fácil. Existem até mecanismos de pesquisa que prevêem o que estamos buscando. Quem nunca foi ao site de pesquisa Google e o mesmo terminou sua frase antes que você? Ou que identificou algo que você digitou errado e lhe perguntou “Você quer dizer…”? Não sei se você pensa igual a mim, mas essa “evolução” tem dois lados: o lado bom e o lado ruim. O bom é que temos acesso a essa grande quantidade de informação e nos pode ser muito útil. O lado é ruim é que isso nos torna mais ansiosos e, porque não dizer, até mais preguiçosos também? Afinal, queremos tudo para ontem e, o pior, não queremos nos dar ao trabalho de fazer as coisas, já queremos tudo pronto! 

Raramente identificamos alguém que se dá ao trabalho de realmente buscar respostas para tudo. Vemos um bando de pessoas que se acostumaram a dar respostas prontas e vazias. Não estão aptas e nem dispostas a explicar os motivos sobre aquilo em que acreditam. Pessoas acomodadas, que simplesmente levam a vida como se tudo estivesse bem e continuam em frente, sempre fazendo a mesma coisa, sem evolução alguma. 

Isso me faz pensar na seguinte pergunta: “Você realmente está satisfeito com você mesmo?” Eu me faço essa pergunta todos os dias logo quando acordo, pois eu não posso estar satisfeito com o meu eu de ontem e de hoje. Ora, se o tempo sempre está em evolução, eu também tenho que estar evoluindo. Nós precisamos estar em evolução. Você se lembra do que está escrito na carta aos Romanos 12:2 ?

E não vos conformeis com este século, mas transformai- vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” – Romanos 12.2

Se a própria Palavra de Deus diz para eu não me conformar com esse mundo, eu não posso me conformar. Tenho de seguir e prosseguir em conhecer o meu Deus (Os 6:3). Agora, se eu creio que o mundo que eu vivo foi projetado e criado pelo meu Deus, o único Deus, logo esse mundo tem de me revelar a grandeza dEle, como é relatado em Salmos de número 19

Os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras das suas mãos” – Salmos 19:1

Um Deus eterno que criou um universo infinito. Um mundo que está sendo regido por diversas leis. Não precisamos ir muito longe. Quando você estava no colegial você estudou matérias de ciências básicas. Você já parou para pensar que a biologia não existe sem a química, a química não existe sem a física e a física não existe sem a matemática? Pois então, a ciência não existe sem Deus, pois Deus é quem criou tudo o que a ciência estuda. Afinal, a ciência não cria nada. Ela apenas descobre as coisas que já existem.

O interessante é que muitos ainda acham que a Ciência é inimiga da nossa fé cristã e a fé cristã é inimiga da ciência. Mas a verdade é que quando unimos a Ciência com a nossa fé ficamos vislumbrados com a tremenda glória de Deus. O próprio famoso cientista Albert Einstein afirmou: “A ciência sem a religião é aleijada; a religião sem a ciência é cega”. 

Um Deus que criou as leis do universo. Isso é Fascinante! Partindo desse ponto fica muito fácil entender o porque se fez necessária a vinda de Cristo para este nosso mundo. O Deus encarnado, o único suficientemente capaz de levar sobre si o pecado do homem. Deus criou as leis do universo para serem seguidas, logo não faria sentido algum Ele mesmo passar por cima de Suas próprias leis e ignorar o erro do homem no jardim do Éden, pois se o homem desobedecesse a Deus, estaria sujeito a morte (Gn 3:3), Deus estabeleceu essa lei.

Um homem perfeito e sem pecado foi criado e pecou, logo, somente um homem perfeito e sem pecado precisava, também, morrer sem pecado para satisfazer a justiça de Deus perante esse erro. Esse é o Jesus Cristo que eu e você seguimos e servimos. Nascido de forma sobrenatural diretamente de Deus, uma vida inteira sem pecado sendo tentado em TUDO (Hb 4:15) até a morte, e morte sofrida de Cruz. Ora, se a Lei de Deus diz que somente quem peca está condicionado a morte (Rm 6:23), logo, então, Jesus não se enquadra nessa penitência da Lei, estando livre, portanto, da morte (Rm 5:12, 17,18), ressuscitando, assim, para nos mostrar e ensinar que o pecado foi pago lá na cruz, nenhuma condenação mais há (Rm 8:1). Glória a Deus por isso, estamos libertos!

Devemos dar respostas de nossa fé. Não podemos nos acostumar a ir aos cultos de domingo e apenas ouvir hinos de louvor e mensagens de pregação. Não podemos ficar somente em livros e vídeos de auto-ajuda. Temos de nos esforçar para ir adiante. Sentar na cadeira, ler a Bíblia, ler livros, pesquisar, pensar, formar teorias, escrever, ensinar, trabalhar na obra de Deus.. se esforçar!

O objetivo deste texto foi somente tentar dar um incentivo a busca da luz do conhecimento. Lá fora, o mundo aponta para nós todos os dias e nos chamam de ignorantes e tapados. Não tiro a razão deles, afinal, muitos de nós apenas se escondem atrás de um livro de capa preta com letras douradas (se bem que até isso nos dias atuais vem sendo ignorado) e dizem que tudo é uma questão de fé e não apresentam vontade nenhuma de estudar para dar respostas convincentes da razão pela qual seguem essa fé. Quanto mais omissão de nossa parte, mais a Igreja de Cristo incha ao invés de crescer. E mais pessoas permanecem nas trevas da ignorância. 

Temos de nos livrar das famosas muletas do “Ah, eu não consigo!”, “Ah! Eu não nasci pra isso”, “Ah, não, isso é muito difícil!”, “não consigo entender esse livro”, “isso é questão de fé”, “não preciso saber disso”. Se grandes pensadores CRIARAM teorias há milênios de anos atrás sem o auxílio da tecnologia que temos hoje, não podemos nos dar ao luxo de viver sobre essas muletas ridículas. Nós somos capazes sim e temos por obrigação ser melhores sempre. Só não abraça essa causa quem não quer.

Termino esse texto, agora, dizendo: Em algum momento de sua vida, pare para pensar em quem você é. Em algum momento, pare para pensar no mundo em que você vive. Pare para pensar em quem você serve. E, o mais importante, saiba explicar o “porquê” daquilo em que você acredita.

Espero que essa postagem tenha acrescentado algo ao seu conhecimento e crescimento.

Que Deus abençoe a todos!

]]>
Um estímulo à conversa com Deus https://www.onerdcristao.com.br/blog/2019/10/24/um-estimulo-a-conversa-com-deus/ Thu, 24 Oct 2019 12:41:22 +0000 http://localhost:8888/wordpress/?p=14   [ Leia Mais ]]]> Texto:Alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez digo: alegrai-vos. Seja a vossa moderação conhecida de todos os homens. Perto está o Senhor. Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus.” – Filipenses 4.4-7

A mensagem que trago da parte Deus nesta postagem, também dirigida a mim, vai tratar sobre comunicação. Será que nós nos comunicamos com Deus? Ao longo da mensagem, vamos falar um pouco sobre essa pergunta e tentar respondê-la.

Já que vamos falar de comunicação, nada melhor do que começarmos analisando o que significa essa palavra. Muito bem, Comunicação, segundo o dicionário aurélio da Língua Portuguesa, significa “Participar, fazer saber, Pegar, transmitir, Estar em comunicação, Corresponder-se, Propagar-se, Transmitir-se”. 

Dos significados listados, vou me atentar somente em alguns deles, que são : “Participar, fazer saber(ou transmitir), Corresponder-se e Propagar-se”. (quase todos, não é?). Talvez os irmãos já tenham entendido sobre o que quero tratar essa noite. Nessa noite que Deus nos reservou para estarmos aqui, quero tratar sobre o que acabamos de ler em Filipenses: a oração. Portanto, redobre sua atenção e abra seu coração, pois não basta somente eu expor este sermão sobre a oração, mas é necessário que os irmãos entendam e saiam daqui com a certeza de que a oração é um dos bens maiores que Deus deu ao seu povo (Glória a Deus por isso).

A oração é o meio de comunicação que Deus nos deu…é o que temos para conversar com Deus, dialogar com Ele. Muitos se perguntam “Mas como é possível um Deus eterno e soberano conversar com nós, reles humanos?”. Pois é, isso vamos ter que perguntar para Ele na Eternidade. O que eu sei é que Deus nos criou e desde o princípio demonstra o quanto quer habitar conosco. Eu só sei que Deus nos ama! E Ele não só demonstrou o quanto nos ama ao longo da história humana, como nos ensinou sobre este Amor através do Filho, Jesus Cristo, que se fez homem para nos reconciliar com Deus (Aleluia!!)

Jesus Cristo é a garantia de que hoje, quando dobramos nossos joelhos e falamos com Deus, o Espírito Santo traduz tudo o que falamos para Deus, e Deus nos abençoa com ricas bençãos. Saiba que o fato de você estar respirando hoje já é mais do que motivo de você agradecer a Deus e bendizer o Seu Santo Nome. Só o fato de nós dizermos “Obrigado, meu Deus”, já é um tipo de comunicação que temos com Deus, já é uma oração.

Irmãos, Deus não quer palavras difíceis e complexas quando você se dirige a Ele. Deus quer sua sinceridade e seu arrependimento. Deus quer que dobremos nossos joelhos e fale a Ele tudo que está acontecendo com a gente e tudo que “gostaríamos” que acontecesse, e é nessa última parte que o Espírito Santo entra em ação para traduzir nossos pedidos, pois nós somos seres limitados. Nossa visão é limitada. Nós não sabemos o que vai acontecer amanhã, mas Deus sabe. Muitas das vezes o que pedimos não faz o menor sentido. Nós mal nos conhecemos a nós mesmos, irmãos. Quer um exemplo? O apóstolo Pedro tinha convicção do Deus que servia. Pedro sabia quem Jesus era e o seguiu verdadeiramente. Mas o que aconteceu quando prenderam Jesus e perguntaram a Pedro se ele estava com Jesus? Pedro negou Jesus, e não foi somente uma vez. Logo após isso Pedro se arrependeu. Pedro não acreditava no que tinha acabado de fazer. Para ele, isso jamais seria possível. Negar o Filho de Deus? Nunca! Pois é, mas ele fez. Nós mal conhecemos a nós mesmo. Pedimos mal, como a Bíblia diz. Nós pedimos as coisas baseado no nosso hoje, mas o Espírito Santo traduz o que pedimos baseado no amanhã e depois. Para Deus o ontem e o amanhã são a mesma coisa, Deus é eterno. Como poderemos entender a Deus, meu irmão? Ele não pertence ao nosso plano de existência, Ele é além de tudo isso. Ele conhece tudo sobre todos os seres. Nada foge dEle. Deus vê o oculto da nossa alma, o mais profundo pensamento que temos. Sabe quando você pensou mal e conseguiu se recuperar antes de falar? Pois então, Deus ouviu o seu pensamento. E sabe o que mais? Deus já sabia o que você iria pensar antes mesmo de você pensar. E nós não estamos falando de Determinismo aqui não, nada de Calvinismo nas Assembléia de Deus. Aqui estamos falando da onisciência de Deus. Deus criou seres livres de atitude, porém Ele já sabe o que seus filhos livres irão escolher fazer, simples assim. Mas isso é um assunto para uma outra ocasião…

Vamos, então, aos significados da comunicação!

Participar

Hebreus 3.14: “Porque nos temos tornado participantes de Cristo, se, de fato, guardarmos firme, até ao fim, a confiança que, desde o princípio, tivemos.”. Somos o Corpo de Cristo. Participantes dEle. Não importa se você é líder de adolescentes, membro do grupo de adolescentes, membro da igreja, músico… não importa, todos nós somos participantes de Cristo. Quer uma dica de como começar sua oração? “Senhor, obrigado por me salvar e me tornar participante do Teu corpo, do teu Reino”. Nós participamos ativamente do evangelho, com nosso corpo, nossa atitude, nosso intelecto. Jesus nos deixou a missão de fazer discípulos onde quer que andemos. Deus nos convida a participar.

Fazer saber

Como lemos no começo da mensagem, Filipenses 4.6: “Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças.”. Sabe, irmãos, eu venho estudando a Palavra de Deus desde minha conversão no ano de 2010. Eu não tive dificuldade em aprender isso, mas é impressionante como as pessoas lá fora não entendem isso. “Se Deus é Todo-Poderoso, porque você precisa falar para Ele as coisas que você faz?” eles dizem. Irmão, nunca deixe que essa frase de Satanás chegue ao teu coração. Conforme eu disse, Deus nos criou livres. Sabe porque Deus nos fez seres livres? Porque Deus quer que nos acheguemos a Ele por Amor. É só o amor que importa, Amor, como o apóstolo Paulo escreve em 1 Coríntios capítulo 13. Sabe porque a Palavra de Deus nos incentiva a levar nossas petições a Deus? Intimidade, irmãos. Como amigos ganham intimidade? Não é contando um ao outro sobre o que gosta de fazer, comer, vestir, que tipo de filme que gosta…não é assim? Pois então, Deus quer intimidade conosco. Quanto mais nós contamos da nossa vida para Deus, mais ganhamos intimidade com Ele, mais fácil fica de ouvir Ele. Quer uma dica? Imagine que você está escrevendo seu diário. Conte tudo a Deus, todos os dias. Adquira o hábito de contar TUDO para Deus. E sabe o que vai acontecer? Conforme você for falando, o Espírito Santo já vai trabalhando na sua vida e te fazendo enxergar os seus erros. Daí então você já pede perdão pelos seus erros, Deus já te perdoa e te abençoa ali na hora e você vai ganhando experiência com Deus. Confissão de pecados a Deus é experiência com Deus, meus irmãos. E quando envolve outras pessoas, então? É mais gostoso ainda, porque daí Deus te faz ir lá na pessoa que você tem problema, mesmo quando você está certo e a pessoa errada (kkk… aleluia!!)

Vamos lá…próxima.

Corresponder-se

Romanos 8.26 e 27: “Também o Espírito, semelhantemente, nos assiste em nossa fraqueza; porque não sabemos orar como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós sobremaneira, com gemidos inexprimíveis. E aquele que sonda os corações sabe qual é a mente do Espírito, porque segundo a vontade de Deus é que ele intercede pelos santos.”. A oração é algo sobrenatural, meus irmãos. Deus quer saber de tudo, irmãos. E Deus também quer que nós peçamos tudo a Ele conforme a nossa necessidade. Não importa se o que pedimos é absurdo ou não. Ele quer que nos abramos com Ele e digamos a verdade. Quanto mais interagimos com Ele, mais ele se faz presente na nossa vida e mais nós conhecemos dEle. Você tem dificuldade de entender a Bíblia? Peça a Deus. Ele vai te abrir a mente e te ajudar. Tem dificuldade na escola? Peça a Deus para te ensinar como estudar (Deus não vai dar 10 para ninguém que não gosta de estudar…com Deus não se barganha, portanto peça para Ele te ensinar a estudar que é melhor). Vou contar um testemunho: Dias atrás eu fiquei meio que resfriado. Quando eu fui dormir meu nariz estava muito entupido. Daí eu fiquei lá deitado olhando pra cima e respirando pela boca. E não conseguia dormir de jeito nenhum. Em determinado momento, pareceu que Deus sussurrou em meu ouvido: “tá esperando o que para me pedir ajuda?”. Irmãos, na hora, eu coloquei minha mão direita assim no nariz e comecei a orar para Deus desentupir meu nariz. Não lembro agora quanto tempo eu orei. A única coisa que eu sei é que Deus desentupiu completamente meu nariz. Acho que eu nunca respirei tão bem como desta vez. Coisas que parecem simples. Hoje em dia tá cheio de remédios que desentope o nariz nas farmácias. Eu poderia ter aplicado no meu nariz, mas eu preferi orar. E Deus ouve, irmãos. Eu estava lendo o livro da biografia da Frida Vingren, esposa do Gunnar Vingren, um dos fundadores da Assembléia de Deus no Brasil. Década de 1920 e 1930, irmãos. A medicina já estava consideravelmente boa nessa época. Sabe o que eles faziam quando ficavam doentes? Oravam até Jesus curar ou levar para a eternidade. E não era esses resfriadinhos que a gente tem hoje em dia não. Era malária, irmãos. Matava! O tanto de gente que morreu naquela época não está escrito! Muita gente morreu. E os missionários passaram por essa doença terrível. Não conseguiam nem sair de casa. Mas estavam o tempo inteiro em oração. Os irmãos na igreja ficavam orando pela cura deles, incessantemente. E Deus operava milagres e maravilhas. Oração é um dos pilares do evangelho e foi o pilar das Assembleia de Deus. Será que hoje continua sendo? Bom, depois de hoje vai ser, não é mesmo? Mas enfim…Deus corresponde a nossa oração. Deus nos ouve!

Vamos para o último ponto, então. Para fechar

Propagar-se(multiplicar)

Mateus 5.13:Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder a cidade edificada sobre um monte; nem se acende uma candeia para colocá-la debaixo do alqueire, mas no velador, e alumia a todos os que se encontram na casa. Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus.”. Quanto mais nós oramos, mais aprendemos de Deus. Quanto mais oramos, mais nos apegamos a Deus. Quanto mais oramos, mais suscetíveis ficamos para as coisas de Deus, como: falar do evangelho, ler a bíblia, fazer a obra da igreja na terra. Quer receber dons de Deus? Ore. Quer ser revestido de poder com o batismo com o Espírito Santo? Ore. Quer tirar nota boa escola? Ore e estude. Quer ser um obreiro abençoado na casa de Deus? Ore. Quer fazer missão? Ore. Um crente que não ora não chega em lugar nenhum. Não tem como ser cristão sem a oração, meu irmão, não tem. Nós só conseguimos somar e multiplicar para o reino de Deus através da oração. 1 Tessalonicenses 5.17,18: “Orai sem cessar. Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco. Não apagueis o Espírito.”. Nosso espírito precisa da oração. E nós precisamos multiplicar para o Reino de Deus, pois essa é a missão que Deus nos deu.

]]>